Background game scene

6 perguntas para a Diretora de Marketing Global da Amazon Games

12/05/2022

Nos reunimos com Sarah Anderson, Diretora de Marketing Global e responsável pelas parceiras do grupo de distribuição da Amazon Games, para sabermos o que está acontecendo nos bastidores da empresa, como é trabalhar na Amazon Games e como o grupo dela está ajudando a construir uma comunidade junto ao público global da Amazon.

Sarah, o que você faz na Amazon Games?

Eu dirijo o marketing global e as parcerias da Amazon Games para os jogos que nós publicamos e distribuímos, tanto os que foram desenvolvidos internamente quanto os externos. O que é muito legal para mim é que eu lidero um grupo incrível de publicitários que 1) ajudam nossos desenvolvedores e parceiros a se conectar aos jogadores e a compreender nossos clientes, e 2) desenvolvem campanhas de marketing inovadoras para atrair mais pessoas e engajar as comunidades em nossos jogos.

Desde os estágios mais iniciais, minha equipe trabalha diariamente junto aos nossos desenvolvedores para ajudá-los a compreender e a criar as melhores conexões entre nossos jogos e nossos jogadores do mundo todo. Embora isso possa se manifestar de vários modos, os mais importantes são a pesquisa de público global, os testes de usabilidade e acessibilidade, as perspectivas dos jogadores e, sobretudo, o compartilhamento das opiniões e do feedback fornecidos por nossos jogadores.

Ao longo dos últimos anos, a Amazon, sobretudo seus grupos e marcas de entretenimento, cresceu para se tornar uma família muito legal de serviços interconectados que fornecem conteúdos irresistíveis a jogadores, espectadores, ouvintes e demais consumidores. Na Amazon Games, estamos focados na inovação e na criação de serviços e conteúdos da mais alta qualidade para os nossos jogadores. Minha equipe tem produtos incríveis para comercializar, e nós nos divertimos muito quando nossos jogadores se apaixonam pelos produtos e até trazem seus amigos!

Como o marketing da Amazon Games difere de outras empresas nas quais você trabalhou? Por que você decidiu levar sua carreira para a Amazon?

Primeiro, a mistura de pessoas criativas, dedicadas e brilhantes que trabalham na Amazon é algo muito especial. Quando você pega esse grupo diverso, que veio para a Amazon Games a partir de lugares e contextos tão diferentes, e dá a ele a liberdade para inovar e a segurança para procurar caminhos criativos para alavancar os recursos da Amazon — desde o Prime Gaming até a Twitch — você termina tendo uma equipe que ultrapassa limites, desafia a si mesma e aprende novos modos de servir e se conectar com os jogadores. Temos a sorte tremenda de possuirmos os recursos capazes de tornar grandes ideias uma realidade.

São alguns motivos que me fizeram optar pela Amazon Games. Além das coisas que eu já mencionei, também foi parcialmente por causa de um colega. Eu havia trabalhado anteriormente com Christoph Hartmann, o Vice-Presidente do setor de jogos da Amazon Games, quando ambos éramos funcionários da 2K Games. Nessa empresa, nós trabalhamos juntos para criar uma grande propriedade intelectual, franquias de sucesso duradouro, além de uma organização de distribuição comercial. Agora, ele está fazendo a mesma coisa na Amazon Games, onde ele reuniu uma equipe incrível com grandes profissionais do setor. Aqui na Amazon Games, nós temos a capacidade de elevar o alcance e os recursos da empresa para colocar grandes produtos de entretenimento nas mãos dos jogadores. A Amazon nos estimula a inovar, assumir riscos, aprender e, sobretudo, a nos tornar obcecados pelo consumidor! Me juntar a Christoph e aos demais integrantes dessa equipe de especialistas foi a decisão mais fácil da minha carreira.

Durante o seu tempo na Amazon Games, quais foram os projetos que você conduziu e dos quais você mais se orgulha?

Eu coloquei o meu maior foco em reunir e integrar a equipe. Como resultado, nós agora temos uma equipe criativa dentro da empresa que oferece apoio aos parceiros e fornece o trabalho mais inteligente. Nós também criamos uma equipe de pesquisa de usuários para coletar o feedback frequente dos jogadores. Mas, em termos de campanha, foram muitas as iniciativas de marketing divertidas e bem sucedidas que a equipe conduziu em diversos canais. Por exemplo, nós criamos e executamos um programa inovador no New World chamado de “Batalha pelo New World”. Ao invés de simplesmente mirar nos jogadores potenciais, nós desenvolvemos um programa para gerar engajamento e competição entre os criadores de conteúdo da internet. Queríamos inspirá-los para que eles criassem e desenvolvessem comunidades para o New World junto ao seu próprio público na Twitch. O programa foi incrivelmente bem sucedido.

Pegamos esse aprendizado do New World e criamos um programa parecido chamado “Lendas do Lost Ark” para o recentemente lançado Lost Ark, que estamos publicando e distribuindo em parceria com a Smilegate RPG. Alguns dados importantes apontam que o Lost Ark foi visto na Twitch por 1,2 milhões de espectadores simultâneos no dia do lançamento. E no dia 25 de março, havia mais de 158 milhões de horas assistidas do jogo na plataforma. Estamos apenas começando e temos muito mais produtos sendo preparados para essas comunidades, que agora se espalham pela Amazon Games, Twitch e Prime Gaming.

No geral, estou orgulhosa da empresa de publicação e distribuição que estamos construindo e do talento que reunimos. Além de termos crescido para nos tornar uma distribuidora de jogos de primeira classe, a equipe está oferecendo excelência em termos operacionais. Isso pode parecer simples, mas não é fácil. Junto com nossos títulos, estamos buscando desenvolver propriedades intelectuais para todas as propriedades da Amazon, o que significa que colaboramos com talentos da Amazon Studios, Prime Video, Amazon Music, Twitch, Prime Gaming e outras. Também estamos crescendo rapidamente e desenvolvendo nossas próprias equipes e processos. A equipe de marketing sozinha já mais que dobrou de tamanho desde que eu cheguei aqui, e ainda estamos procurando contratar outros talentos!

Desde que você se juntou à Amazon Games há dois anos e meio, quais mudanças você observou na empresa e no setor?  O que você vê adiante?

Entre os muitos pontos de crescimento e elementos positivos, no tempo em que estive aqui, nosso grupo foi integrado ao grupo de Entretenimento e Mídia Global da Amazon. Isso faz muito sentido por vários motivos cruciais. Primeiro, significa que nossa ideia de desenvolver propriedades intelectuais para vários gêneros e canais tornou-se fundamental para a Amazon Games. Uma grande propriedade intelectual pode ser resultado da adaptação de um filme para um jogo, de um livro para um jogo, de um artista musical para um jogo, tornando-se um verdadeiro fenômeno em qualquer outra combinação. Quase qualquer coisa promissora é possível aqui. E essa estrutura também significa que a Amazon Games agora trabalha de modo profundo com todos os demais braços de conteúdo e distribuição da Amazon. É claro que isso inclui a Amazon.com e a AWS, mas também estamos trabalhando com o Prime Gaming, Crown Channel, Luna, Twitch, Amazon Studios, Amazon Prime Video, Amazon Music e mais. “Sinergia” é uma palavra da moda que define como esse trabalho conjunto está tendo um efeito incrível sobre a criatividade e a inspiração dos produtos e serviços que eventualmente acabamos compartilhando com nossos jogadores.

Falando sobre o setor de maneira mais ampla, uma tendência significativa vem sendo o conceito de consolidação, evidenciado pelas muitas aquisições corporativas e absorções de marcas que aconteceram recentemente. Com todas essas enormes movimentações, espero que o setor não esqueça que o jogador é a única coisa que importa.

Outro desenvolvimento geral do setor foi o reconhecimento das movimentações por mudanças em termos de toxicidade e diversidade. Nos últimos anos, ainda bem, estamos vendo uma aceleração desse movimento. Vejo que os agressores estão sendo cada vez mais expostos, o que é um catalizador importante para uma mudança positiva. No tempo que eu passei na Amazon Games, senti que quase não existe tolerância para a toxicidade em qualquer forma. Queremos um lugar seguro para os nossos funcionários, colegas e para os nossos jogadores! Todos temos trabalho a fazer em conjunto, como uma indústria, e eu estou otimista que estamos caminhando para frente em uma rota melhor e mais saudável.

Por último, gostaria de voltar à importância da criação de marcas e propriedades intelectuais, pois nós, e o setor de jogos como um todo, tendemos em direção ao conceito de jogos-como-serviço. Abordar as coisas desse jeito nos coloca em uma mentalidade de cultivar relações continuadas entre nós, como desenvolvedora e distribuidora, e nossos jogadores. Estamos comprometidos com o longo prazo e precisamos conquistar a confiança, ouvir e nos envolver com nossos jogadores. Essa abordagem ambiciona desenvolver propriedades intelectuais mais vivas e expansivas, o que se traduz em negócios melhores a longo prazo para a Amazon Games e uma experiência geral mais gratificante e duradoura para os nossos jogadores.

Como o sucesso do New World e do Lost Ark abriram seus olhos para novas oportunidades para a Amazon Games?

Através de alguns lançamentos de grandes títulos e uma resiliência sólida, nós mostramos ao setor e a nós mesmos que esta equipe sabe como lançar grandes jogos e conectá-los aos jogadores. Aprendemos a importância de cultivar a comunidade e a propriedade intelectual. Todas as empresas de jogos do setor gostariam de expandir a vida útil dos seus jogos de alguns poucos anos para uma década. Nós achamos que estamos no caminho certo para atingir justamente isso, e estamos orgulhosos de nossas vitórias, mas sempre aprendendo, questionando e nunca satisfeitos.

Finalmente, como eu disse anteriormente, o fato de termos uma família de marcas apoiada pela Amazon Games e pela Amazon como um todo, é e continuará sendo uma força distintiva que nos capacita a criar e desenvolver de um modo que nos é único e que reafirma a filosofia de crescimento a longo prazo da Amazon e do modelo de jogos-como-serviço.

Alguma lição foi aprendida? Aprendizados que você carregará para os seus próximos projetos?

Há muitas lições por todos os lados, pois estamos sempre aprendendo, mas os últimos dois anos também reforçaram o que eu já havia observado em meus muitos anos operando no setor, que o lançamento de jogos é difícil e é por isso que você quer amar o que você faz e trabalhar com pessoas incríveis.

Uma lição mais discreta que eu aprendi foi a que trabalhar com muitas marcas amparadas pela Amazon Games, com suporte e convicção das equipes de desenvolvimento, pode ser algo mágico. O marketing de jogos é um esforço integrado de uma equipe completa. A Twitch e o Prime Gaming são ferramentas valiosas que ajudam a aumentar o engajamento, criar públicos e uma comunidade vibrante, mas todas as partes precisam ser autênticas e integradas ao jogo para serem úteis aos clientes e aos criadores de conteúdo. Grandes pessoas e equipes, e algumas das marcas e ferramentas mais poderosas da indústria, todas trabalhando juntas, é o que resulta no oferecimento daquilo que os jogadores querem e do modo como eles querem.

Obrigado a você, Sarah Anderson, por compartilhar conosco a rara visão de uma fonte interna sobre como a Amazon Games aborda o marketing dos seus jogos, trabalha profundamente junto a desenvolvedores e parceiros e cria comunidades fortes e conteúdos engajadores para seus jogadores.